Relação romântica entre ensaio policial não público e comunitário

  • Direito,
  • Palavras: 1200
  • Tópicos: Para proteger,
  • Publicados: 02.28.20
  • Visualizações: 96
  • Baixe Agora

No início, antes da segurança privada, era responsabilidade da polícia comunitária proteger a sociedade e a propriedade em sua jurisdição que a força policial pública servia. Na sociedade atual, a polícia comunitária opera de mãos dadas com a segurança privada regularmente, em público ou talvez em funções exclusivas. Da mesma forma, no mundo de hoje, você vê a polícia de folga trabalhando como agente de segurança de meio período em um revendedor da área ou salvaguardando recursos para uma empresa. Certas cidades oferecem representantes de segurança sob jurisdição específica, incluindo Boston a energia necessária para deter a falta de disponibilidade de oficiais públicos.

A principal coisa que mudou com o passar do tempo para igualmente público e segurança e servidores públicos é a escolaridade pela qual eles devem passar antes de entrar nas estradas ou na casa que estão protegendo. O treinamento, a educação e o especialista público devem receber é muito difícil e devem passar nos cursos e na escola a serem nomeados no escritório; é mais aprofundado quando comparado ao que um oficial de segurança regular deve passar.

O oficial de segurança agora passa pela metade de muito mais treinamento do que costuma usar, pois deve ser capaz de lidar com pessoas e lidar com elas todos os dias. O treinamento para obter um oficial de segurança realmente mudou ao longo do tempo, não apenas adquirindo um medicamento, mas também assegurando que você verifique algumas empresas de segurança que não realizam ensino extensivo por causa do público que vê a segurança. As empresas optaram por instruir o oficial de segurança por causa dos problemas de responsabilidade que ocorreram e podem ser encontrados no local de trabalho, como resultado, as empresas treinaram indivíduos especializados para operar com segurança não pública.

Empresas de segurança significativas perceberam o quanto os agentes de segurança são importantes para o público e o quão importante é ter um oficial de segurança educado e um nível crescente de profissionalismo dentro da força do oficial de segurança para estabelecer melhores contratos para competir com representantes públicos de aplicação da lei. Normalmente, os funcionários públicos recebem lá os pagamentos dos contribuintes e fazem parte da assembléia que novamente os oficiais. Com isso dito, muitos oficiais geralmente não são responsabilizados por suas atividades em comparação com um oficial de segurança particular. Por outro lado, o oficial de segurança exclusivo também pode evitar problemas de responsabilidade muito mais sérios, como processos por direitos constitucionais de alguém e acidentes que eles podem ter causado ao transferi-los para os negócios para os quais trabalham devido à política das empresas.

Nos últimos anos, houve grandes aumentos na contratação de agentes de segurança privados da Flórida, em comparação com o uso de especialistas locais em direito público geral. Está sendo uma tendência enorme contratar confiabilidade privada regional para proteger CEOs, números políticos e figuras de celebridades. Agora eles estão usando empresas de segurança exclusivas para proteção pessoal, que pode ser subcontratada para que esses indivíduos precisem de proteção. Eles são pessoas importantes que escolheram esses guardas de segurança pessoal para protegê-los e também atualmente existem ativos. As pequenas empresas começaram a selecionar agentes de segurança privados para proteger essas pessoas e suas propriedades. Você usa a polícia local para patrulhar bens pessoais ou estacionamentos. No entanto, você tem segurança não pública que supera esses empregos. Você também possui segurança exclusiva, como shopping centers, cassinos na Internet e até aeroportos empregam agentes de segurança privados para proteger os ativos da organização.

Isso simplesmente não ocorre apenas com guardas de segurança; você também tem investigadores particulares que começaram a assumir a parte da polícia local na verificação de assassinatos, estupros e seqüestros. Devido ao financiamento insuficiente para a força policial pública, empresas como a Target abriram seu centro de investigação específico que investiga crimes dentro dos negócios, sem que a polícia comunitária faça isso por eles. Agora, as empresas de segurança privada podem investigar crimes lado a lado com o departamento de aplicação da lei e também trabalhar por mais tempo nas circunstâncias em comparação com o departamento de agentes da lei como resultado de financiamento. Investigadores particulares foram reconhecidos por criar situações contra criminosos que apoiarão o caso de leis e regulamentos ou talvez ele possa operar de outra maneira, além do réu poder contratar um investigador particular para apoiar seu caso e provar que é inocente.

O relacionamento entre a polícia pública e a segurança privada tornou-se mais positivo dentro de uma abordagem realmente boa. As pessoas estão vendo que há muito poucos policiais públicos para proteger toda a comunidade, para que a segurança privada assuma uma série de papéis que podem ajudar as autoridades públicas a fazer carreiras que realmente precisam fazer. As empresas apontaram que é melhor adquirir olhos extras observando as empresas lá em cima. Os criminosos até perceberam que agentes de segurança privada e policiais começaram a trabalhar juntos e não são inconsistentes entre si e impedirão os criminosos de praticarem atos criminosos. A única desvantagem para a polícia pode ser a preocupação que o agente de segurança privado levará acima para a aplicação da lei regional e eles serão forçados a sair, o que causa um impacto ruim sobre o agente de segurança não-público em um ponto exatamente onde os policiais locais estão chateados porque comprometeram suas vidas ao ensino e à proposta singular de se tornarem policiais.

Existe um conflito entre a comunidade e o espaço privado, que de fato pode afetar a relação entre proteção privada e polícia pública aberta. A aplicação da lei a qualquer momento pode deter alguém que representa um risco para um indivíduo ou até mesmo questioná-lo depois de ser preso. A segurança não pública, no entanto, não pode usar nenhum poder das autoridades policiais e só pode deter e prisão criminal como residente. Além disso, a polícia pública geral provavelmente terá motivos para procurar alguém, enquanto a segurança exclusiva está definitivamente isenta de violar os direitos individuais da sexta alteração.

Referência

Li, G. (2008). Segurança não pública e policiamento público. Recuperado em 10 de maio de 2009, de http://www.statcan.gc.ca/pub/85-002-x/2008010/article/10730-eng.htm

um particular

Você precisa escrever um ótimo ensaio temático?

Nossos escritores seguem rigorosamente as instruções enviadas. Eles garantem que todos os pedidos atendam aos requisitos fornecidos e superem as expectativas do cliente.

Verifique o preço