Como fazer uma monografia sem surtar ou enlouquecer de vez

O passo a passo de como fazer uma monografia

Como não é difícil de imaginar o primeiro e mais importante passo no momento de dar início à criação de um trabalho esplendoroso de conclusão de curso, ou ainda, chamado de monográfico, está no realizar a opção por um tema que se lhe mostre caro, que lhe desperte prazer e curiosidade na hora de pesquisar sobre como fazer uma monografia. Após isso, é interessante que você tenha a atenção de olhar para o corpo docente da universidade da qual faz parte e possa então passar a estudar os professores individualmente para só após criteriosa análise fazer a opção por este ou aquele profissional.

Ainda que tenha encontrado dentre os professores um que se destaque de maneira singular sobre seu level de conhecimento na área que você escolheu para ser aquela que determinará o seu campo de atuação, é mais do que relevante e importante que você tenha bem estabelecido em mente que precisará analisar outras variáveis nesta equação, dentre as quais listamos:

  • O professor parece apresentar disponibilidade de tempo para auxiliá-lo nos momentos de dúvida?
  • O professor tem disponibilidade para ler o produto do seu trabalho e apontar eventuais incorreções?
  • O professor tem tempo para ler o resultado da sua pesquisa e apontar omissões ou contradições?

A determinação deste ou daquele orientador é uma fase, ou etapa, que não costuma receber a atenção requerida, ou seja, que muitos alunos subestimam, mas que, no correr do processo de pesquisa costuma fazê-los repensar nas escolhas que fizeram, justamente porque fizeram pouco caso da necessidade de estudar bem sobre aquele que viria a ser o profissional incumbido de socorrê-los nas horas de dúvida quando pesquisaram sobre como fazer uma monografia.

A escolha do docente orientador

Como se vê posto no primeiro item deitado à lista no tópico precedente, é necessário examinar – antes de feita a opção definitiva – se o orientador poderá de fato de ajudar com suas dúvidas. As reclamações, neste sentido, são sempre resumidas por um discurso que diz ‘encontrei o professor perfeito para me orientar, mas ele não tem tempo para cumprir as obrigações de orientador e, por este motivo, fiquei durante todo o tempo de desenvolvimento de meu trabalho a ver navios, mesmo sabendo como fazer uma monografia, tendo que recorrer a terceiros nos momentos de dúvida, o que me tomou uma quantidade de tempo considerável que teria sido poupada se quando da escolha do meu orientador eu tivesse feito uma pesquisa melhor’.

Estes fatos indubitavelmente fazem com que a qualidade do TCC caia, pois não são raras as vezes em que o professor falha na realização de tarefas importantes para a orientação, nestas circunstâncias o aluno se vê desamparado e, se logra êxito em conseguir sair da estagnação em que se vê quanto preso nesta situação, produz um trabalho de resultado comumente considerado pífio. Mais do que saber como fazer uma monografia, é preciso saber como escolher um bom orientador de trabalho.

Como me acertar com o professor me orientará

f

Temos como consenso contemporaneamente que o tempo é escasso não para o sujeito A ou para o sujeito B, o tempo é considerado escasso para todos. O que ocorre, em verdade, é que as vinte e quatro horas de um dia hoje são as mesmas vinte e quatro horas que um dia possuía milhares de anos atrás. O que mudou, portanto, é a forma de atribuir característica de prioridade para este ou aquele ponto de nossas vidas.

Pode ser que seu orientador seja uma ótima pessoa, mas que diga não ter certeza sobre a disponibilidade para auxiliá-lo com a atenção que o seu trabalho possa requerer, para evitar este problema as sugestões que se põem são:

  • Converse previamente com o professor da sua escolha e certifique-se que ele tenha -de fato - disponibilidade para te atender;
  • Certifique-se de que ele conseguirá comparecer aos encontros presenciais e, tanto quanto possível, realizar revisões e correções no trabalho.
  • Tenha em mente que para facilitar este processo e masterizar o tempo de ambos os dois durante a produção do TCC, a utilização de recursos tecnológicos, como e-mail e serviços de mensagens e videoconferência não são apenas sugeridas como, fortemente recomendadas.