Dendrophthoe Petandra L. Miq.''s Progesterone-Like Effect

RESUMO

O estudo in vivo sobre o sexo feminino adulto saudável foi conhecido que extrai o metanol de Miq por injeção intramuscular (p/v) à dose de 100 mg/kg de peso corporal durante quatro dias (sdd) pode produzir hormônio progesterona duas vezes mais do que os níveis habituais. Esse fenômeno aparentemente indica que a planta como uma Indonésia, ou seja, Benalu duku, provavelmente consistiam de substâncias esteróides com substâncias de ligação de carbono no número 1 st para 21 st ou seja, derivado de pregnano. Essas pesquisas visam determinadas especificidades substâncias activas do extrato bruto de metanol Benalu duku deixa com efeito farmacodinâmico como o hormônio da progesterona. Folhas de Benalu duku pulverizadas em 400 g foram extraídas com 2 L de análise de metanol pro pelo método de maceração de agitação em 20 0 C durante as 72 horas. O extracto bruto semi-sólido foi seco por aparelho seco sob vácuo e exposição UV a 15 minutos e análise por FT-IR e LC ESI MS. O resultado da pesquisa obteve que as substâncias activas com estrutura química principal do derivado de pregnano eram progesterona em cerca de 30%, acetato de medroxi progesterona em cerca de 66%, acetato de megestrol a cerca de 3% e 1% de didrogesterona.

Palavras-chave: Benalu duku, derivado de pregnano, esteróide anabólico, extracto de folhas FT-IR, extrato de folhas metanóicas LC-ESI MS.

Introdução

Dendrophtoe Petandra L Miq (Benalu duku) como uma planta de parasitas crescendo em Lantium demesticum foram conhecidas com várias substâncias activas essenciais e úteis para a célula de proliferação tratada (NURAINI em et al ., 2000, ROOSTANTIA et al ., 2000 e RATNA et al ., 2007). Alguns pesquisadores relataram que as plantas têm uma substância benéfica como alcalóide, flavonóide, polifenol, terpenoide e esteróide livre (ARIFA et al ., 2009). Um novo relatório de pesquisa explicou que o extracto metanólico bruto de folhas de Benalu duku pode estar aumentando o hormônio da progesterona duas vezes mais do que os níveis usuais, mas dando níveis de FSH em ratos adultos do sexo feminino (BAMBANG, LAZUARDI, 2014). O último relatório de pesquisa indica que as plantas possuem várias substâncias que caracterizam como um efeito semelhante a progesterona.

Calculadora de precios

Nós temos os melhores preços, confira!

data limite
Páginas
~ 550 palavras
Nosso Preço
R$ 0
Preço dos concorrentes
R$ 0

Caracterização efeito conhecido como progesterona tem uma estrutura principal química específica, nomeadamente o derivado de pregnano com composto de carbono em 1 st para 21 st na sua estrutura de cadeia de ligação dupla ou ( 8S, 9S, 10S, 13R, 14S, 17S) -17-etil-10,13-dimetil-2,3,4,5,6,7,8,9,11,12, 14,15,16,17 -tetradecahidro-1H- ciclopenta [a] fenanthrene. Similarmente a sua principal estrutura de derivado de pregnano era conhecida como hormônio anabólico e útil para tratamento de câncer de próstata em homem adulto (RANDOX LABORATORY LTD, 2013). O derivado da gripe era conhecido possuindo alguma estrutura específica de esteróides anabolizantes, isto é, cortisona, hidrocortisona, progesterona, acetato de progesterona com medroxi, acetato de megestrol, acetato de 17,5 g de progesterona e didrogestidona.

Exemplo de pedidos concluídos

Outra medicina herbal com ação de esteróides anabolizantes foi encontrada no México, a saber, a planta de Codices. Essa planta era similar com Benalu duku como planta de parasitas que crescia nas estações subtropicais (LERNER, ARNWINE, 2002). Com análogo à planta de Codices no México, podem ser folhas de benalu duku depois de extraídas pelo metanol contendo esteroides anabolizantes específicos. Por pesquisa de fundo acima, será determinada a substância de efeito semelhante à progesterona, como a progesterona, o acetato de progesterona medroxi, o acetato de megestrol, a didrogesterona da base na visão geral do íon da molécula idêntica do MS de LC-ESI e do composto de função do FT-IR.

Materiais e métodos

As folhas de Benalu duku foram obtidas da região de Muara Enim, no oeste de Sumatera-Indonésia e identificação como Dendrophthoe Petandra L. Miq no Instituto de Pesquisa de Botânica em Tangerang - Jacarta, Indonésia, conforme descrito por BAMBANG, LAZUARDI (2014 ). A substância de referência da progesterona foi obtida do produto Sigma-aldrich 46665 lote SEBA XV. A substância de referência do acetato de medroxi progesterona foi obtida da indústria farmacêutica de Harsen, Jacarta - Indonésia, em grau farmacêutico. O material de referência de acetato de Megestrol foi obtido da Sigma Aldrich no produto 46420 lote SZB9173XV. O material de referência de Dydrogesterona foi utilizado pela Direcção Europeia de medicamentos de qualidade e cuidados de saúde, França, por código de catálogo Y0001004.

Lista de seções

Foram extraídas 400 g de pulverização de folhas de benalu duku em 2 L de análise de metanol pro no balão separado de 1 L durante as 72 horas (método de maceração do agitador de movimento em 20 0 C). O semi-sólido de extrato bruto foi seco na secagem de vacina e exposição à luz UV (15 minutos) para contaminação constante do molde e algumas bactérias. Uma certa quantidade de folhas de benalu duku de extracto bruto semi-sólido foi determinado composto de estrutura de molécula específica por FT -IR PerkinElmer Frontier 89485 e LC-ESI MS Accela TSQ Quantum Acess Thermo. O extracto bruto semi-sólido de metanol de folhas de benalu duku foi determinado como função de molécula de substâncias com efeito de progesterona a 400 cm -1 a 4000 cm -1 .

O controle de desempenho do LC-ESI MS foi ajustado da seguinte maneira; coluna hypersil Ouro 0,2 μm comprimento Método de gradiente de 10 cm com fase móvel no frasco A 0,1% em Aqua bidest e garrafa B 0,1% de ácido fórmico em acetonitrilo pro HPLC. O gradiente foi realizado a 35% a 70% de B em 20 minutos a 254 nm de detector UV. A capacidade de sucção e injeção automática foi ajustada em 10 μl, capacidade de descarga 400 μl com velocidade a 100 μl. Segundo -1 , injeção de velocidade 8 μl. Segundo -1 altura de sucção aparelho em um frasco de autocapacidade de aproximadamente 2 ml de capacidade de 1,2 ml. A coluna de temperatura foi ajustada em 22 0 C na bomba de pressão máxima 1250 PSI e estável em 10 BAR (THERMO ELECTRON CORPORATION, 2007).

Resultados

Análise Espectro infravermelho de extracto bruto de metanol As folhas de Benalu duku obtiveram que o composto específico de alongamento do espelho de alongamento foi apresentado a 1650 a 2000 cm -1 . Especial em 1550 cm -1 para 1600 cm -1 apareceu o composto aromático de alongamento (1, s). Em 1450 cm -1 para 1500 cm -1 apareceu s orbital de compostos aromáticos de estiramento. No número de comprimento de onda da área de impressão digital de 600 cm -1 para 900 cm -1 e 1000 cm -1 para 1300 cm -1 foram indicados de átomo de carbono flexível e hidrogênio fora da área (orbital k) e dentro da área (orbital l). Para comparar as semelhanças do espectro de infravermelho entre o material de referência vs., o extrato bruto de metanol das folhas de Benalu duku em alta intensidade (% T) indicou que o número de comprimento de onda de 1400 cm -1 para 1050 cm -1 e 1600 cm -1 para 1660 cm -1 eram idênticos ambos. Mesmo com baixa intensidade (% T) na área de impressão digital 750 cm -1 a 1000 cm -1 foram espectro infravermelho idêntico entre materiais de referência versus extracto bruto O metanol benalu duku sai. A Tabela 1 apresentou as moléculas de função específica de extrato bruto de folhas de metanol benalu duku após avaliação por FT-IR por referências de NOERDIN (1985).

Análise LC ESI-MS por Espectrometros de Massa Quadrúplicas de Estágio Triplo foram obtidos que o composto de efeito de progesterona no extrato de metanol As folhas de Benalu duku eram idênticas aos materiais de referência do acetato de progesterona de medroxi, progesterona, acetato de megestrol e didrogesterona. A Tabela 2 abaixo explicou que o tempo de retenção e a molécula de íons de ESI (m/z) como variável dependente do extrato de folhas de metanol Benalu duku era semelhante ao tempo de retenção e às moléculas de íons do material de referência ESI.

Tabela 1. Espectro infra-vermelho (cm -1 ) e intensidade (% T) extracto bruto benalu duku e materiais de referência de substâncias com efeito de progesterona

<table class ="" "table table-bordered">

Extrair benalu duku

Progesterona

Med. Prog. acet

Megestrol acetato

Dydrogesterona

grupo de funções identificado,

cm -1

±% T

cm -1

% T

cm -1

% T

cm -1

% T

cm -1

% T

3500-3400

15-11

3436.69

72

3434,34

0,11

3436,39

10,16

3435,72-3374,34

14,17-14,58

0-H

2927,33

12,87

2969,05-2925

10,25-8,22

Ausente

-

2946,49-2927,66

12,04-12,17

2989,16-2930,19

5,05-13,35

Vibração não assimétrica, alongamento C-H

1632,88

17,15

1699,13-1616,17

49-8,83

1638,95

1,05

1664,2-1629,09

6,49-10,9

1659,51-1620,82

1,24-2,94

Esticando anel aromático (1, s)

1458,07

18,49

1438,76

15,45

1401,19

3,29

1458,7

14,88

1452,06

14,48

Esticando anel (s) aromático (s)

1272,22

19,21

1279,25-1268,89

17,85-18,67

Ausente

-

1269,83

10,1

1277,7

12,4

C-H flexível na orbital (l)

1203,09

19,36

1204,91

14,97

Ausente

-

1206,31

14,18

1193,1

7,97

Alkene, R-OH, vibração de alongamento C-H, aromático

1169,44

19,73

1179,06-1162,48

17,64-16,36

Ausente

-

1166,41

16,27

1174,79-1162,58

17,08-14,51

-CH-CH- (trans), R-CH2

1062,81

19,17

1116,32

19,96

1112,60

3,28

1083,18-1058,62

16,29-15,81

1064,16

21,79

C ^ CH2, alcenos substituintes mono

826,55

23,84

871,18

17,15

Ausente

-

877,33-796,78

14,9-21,26

831,21-793,86

24,45-23,51

Tri alcenos substituintes, meta-di-subtituto Benzeno (aromático)

721,48

23,67

778,14-687,31

21,77-21,17

Ausente

-

755,83-713,19

20,62

727,77

23,21

alcenos de substituto cis-di, benceno substituinte mono, meta-disub. benzeno (Aromático)

639,21

23,8

687,31

21,17

644,79

2,57

634,94

20,65

630,99

18,55

alcenos cis-di-substituídos (vinilo, C-H)

Tabela

. 2. Tempo de retenção de análise de resultado e moléculas ion de ESI entre o extrato bruto de folhas de metanol benalu duku e material de referência como acetato de progesterona com medroxi, progesterona, acetato de megestrol e dianrogesterona

<table class ="" "table table-bordered">

Analistas

Peso (μg/ml)

Área

Tempo de retenção

(minutos)

ionização por pulverização eletrônica (ESI)

(m/z)

Extracto bruto de folhas de benalu duku

0,0646

227044

4.40

387.000

Medroxy progesterone acetate

0,15

99585

4.40

387.000

Extrato bruto benalu duku deixa a Figura 1 da Figura 4 abaixo obtida que LC ESI-MS de extrato de folhas de metanol e benalu duku continham substâncias idênticas ativas de acetato de progesterona, progesterona, acetato de megestrol e dydrogesterona com medroxi progesterona.

Discussão

A análise por tempo de retenção e ESI (m/z) de LC ESI-MS foram, aparentemente, apenas duas das substâncias com efeito de progesterona no extrato bruto de metanol benalu duku deixa essas substâncias muito idênticas ao material de referência, nomeadamente o acetato de progesterona e a progesterona. Outras substâncias com efeitos semelhantes à progesterona como um acetato de megestrol e dianrogesteterona em extrato bruto as folhas de metanol benalu duku foram na sua maioria idênticas ao material de referência do acetato de megestrol e da drorogersterona por mudança diferente em 0,01 e 0,6 tempo de retenção dos materiais de referência. A diferença na mudança de tempo de retenção é uma natureza intimamente vinculada de amostras de polaridade vinculadas à coluna Hypersil Gold of LC. Assim, a estrutura molecular mais provável do acetato de megestrol e da drorogersterona no extrato de metanol de benalu duku não se parece com 100% de forma idêntica aos materiais de referência do acetato de megestrol e da drorogersterona. A análise para comparar entre os valores de fragmentos de iões de moléculas (m/z) e ESI (m/z) materiais de referência de quatro substâncias de efeito de progesterona versus substâncias idênticas de efeito de progesterona sobre extrato bruto de folhas de metanol e benalu duku aparentemente apresentaram valores de diferença (p amp; lt; 0,05). Os valores dos fragmentos de íons da molécula foram aparentemente mais baixos do que os valores ESI como representados na Tabela 3.

Tabela 3. Análise molécula fragmentos de iões vs., ESI entre materiais de referência e extrato bruto de folhas de metanol benalu duku.

<table class ="" "table table-bordered">

efeito semelhante a progesterona

Analistas

fragmentos de íons de moléculas

(m/z)

ESI

(m/z)

Medroxy progesterone acetate

Ref. material

326.50 - 327.50 a

387.000 b

extrair metanfetamina. Benalu duku deixa

326.50-327.50 a

387.000 b

Progesterona

Ref. material

296.50 - 297.50 a

315.000 b

extrair metanfetamina. Benalu duku deixa

296.50 - 297.50 a

315.000 b

Megestrol acetato

Ref. material

266.50 - 267.50 a

385.000 b

extrair metanfetamina. Benalu duku deixa

266.50 - 267.50 a

385.000 b

Dydrogesterona

Ref. material

294.5 - 295.5 a

313.000 b

extrair metanfetamina. Benalu duku deixa

294.5 - 295.5 a

313.000 b

Nota: Superscript a vs., b de fragmento de ião de moléculas vs., ESI na mesma Tabela foram significativos diferentes em p amp; lt; 0,05 por t. método de teste

As diferenças dos valores entre ambos foram a tecnologia de diferença causada por analitos de moléculas de íons sensíveis após ionização em camadas ionizadas por método de fragmentos de íons moleculares versus método ESI de LC. O nível de sensibilidade do intervalo de massa do dispositivo ESI LC-MS Accela TSQ conhecido pelo valor de m/z 3000 com MS-MS/MS dependente de dados com quantitativa aprimorada (QED-MS/MA) capaz de monitorar para criar três pontos de dados. Os dispositivos ruidosos de comportamento também foram suprimidos devido ao desenvolvimento de técnicas como espaço curvado da seção após a câmara de ionização (célula da unidade de colisão) feita â € 900. Estude o TSQ Quantum robustness Access Ion Relative Standard Deviation atinge% = 2.9% (THERMO SCIENTIFIC, 2007).

A composição do extrato bruto de folhas de benalu duku a 0,0656 μg/ml estava aparentemente contendo substâncias de efeito semelhantes a progesterona em componente maioritário de acetato de progesterona com medroxi (0,062 μg/ml) depois que o segundo nível como progesterona (0,028 μg/ml) e o terceiro nível, nomeadamente o acetato de megestrol (0,003 μg/ml) e dianrogesteterona como compostos minoritários a 0,0009 μg/ml. Essa composição do efeito da progesterona no extrato bruto de folhas de metanol benalu duku já foi predita por BAMBANG, LAZUARDI (2014). Atendendo a implicação de amostras em mulheres do sexo feminino adultas com hormônio progesterona resultante em duas vezes o nível do que o normal.

Conclusões

O extracto bruto de folhas de metanol benalu duku contendo substâncias idênticas como um acetato de Medroxi progesterona a cerca de 66%, progesterona a cerca de 30%, acetato de megestrol a cerca de 3% e didrogestrogona a cerca de 1%. Os compostos absolutamente idênticos foram obtidos com acetato de progesterona e progesterona medroxi. Mas o composto idêntico inferior ao absoluto foi obtido no acetato de megestrol e na didroggesterona. Recomendamos o resultado da pesquisa da seguinte forma: i., Para a próxima pesquisa, deve ser explorado o isolamento e a identificação do composto ativo como efeito semelhante a progesterona para influenciar o sujeito animal fisiológico.

Referências

ARIFA, M., ROOSTANTIA. I. RATNA. S.M (2009): Identificação do agrupamento funcional de extrato parasita duku (Loranthaceae Dendrophthoe Spec.) Com espectrofotômetro FT-IR. Fol. Med. Indon. 45 (4), 275-277.

BAMBANG. H., LAZUARDI. M (2014): Avaliação do hormônio de estrogênio de prolactina de testosterona luteinizante após administração de extrato de metanol bruto de folhas de benalu duku em rato feminino adulta saudável. Procedimento da Associação de Farmacêutica Veterinária e Farmacologia da 2ª Conferência Nacional de 2 nd . 21-22 de setembro de 2013., Surabaya, Indonésia, pp. 29-31.

LERNER. J., ARNWINE. C (2002). Os códices pré-cortesianos como linguagem de filme mexicano em retorno a aztlán . University of Southern California, EUA, pp. 5-40.

NOERDIN. D (1985): Elusidasi struktur senyawa orgânico dengan carro acara spektroskopi lembayung ultra dan infra merah. 1 st ed, Angkasa, Bandung, Indonésia, pp 15-159

NURAINI. F., LAZUARDI. M., FARIDA. S (2010): estudo do anticancerígeno de banalu duku (Loranthaceae Dendrophthoe spec.) Infusão ao rato induzido pelo mieloma. Jur. Kedok. Yarsi. 8, 59-71.

RATNA. S.M., ROOSTANTIA. I., WAHUDIO. M.T., LAZUARDI. M (2007): A vigilância de aminoácidos de folhas de benalu duku extrai. J. Trad. Med., 11 (39), 14-18.

RANDOX LABORATORY LTD (2013): fertilidade Hormone Array (FERT). 2 nd ed., Rondox Corp., 55 Diamond Road. Crumlin, Condado de Antrim, Reino Unido; 2013, pp. 5-12.

ROOSTANTIA. I., LAZUARDI. M., RATNA. S.M (2010): um poder de comparação bloqueou o mieloma de crescimento celular entre maceração, folhas de benalu duku, chá de benalu e metotrexato, Ebers papyrus, 6, 13-21.

THERMO ELECTRON CORPORATION (2007): coluna de cromatografia e consumíveis. 1 st ed., Thermo corp., EUA, CANADÁ, pp 213-214.

THERMO SCIENTIFIC (2007): Tsq quantum access TM , 1 st ed., Thermo corp., EUA, Canadá, pp. 1-10.