Impacto cristão no mundo moderno

Apesar das inúmeras divisões, o cristianismo é a religião praticada pela maioria da população do planeta.

Desde suas origens no século I dC, cresceu exponencialmente. Um número significativo de seguidores inclui a influência substancial das tradições mundiais.

Como a maioria de seus entusiastas era do que é considerado o mundo ocidental, a influência do cristianismo nele foi maior do que em outros lugares. O impacto da filosofia cristã nas áreas de política, economia, negócios, direito, educação, ciência e relações humanas será mencionado nesta pesquisa. Embora as preocupações discutidas sejam contemporâneas, os elementos históricos também são apresentados. O sistema educacional dos países sob governança teocrática é afetado em maior medida por causa dele do que qualquer outra instituição. A razão para isso é simplesmente que o procedimento para educar precisa da exibição de sugestões e teorias cuja qualidade é estabelecida pelo poder governante.

Onde instituições adicionais relacionadas a negócios, saúde, etc. atualmente possuem um sistema estabelecido, a organização educacional pode ser totalmente remodelada e moldada de qualquer forma que seja preferida. Os países que praticam variedades extremas de teocracias geralmente se concentram no fornecimento de educação baseada na fé e ignoram outras áreas [1]. Alguns assuntos podem ser considerados luxuosos, resultando na exclusão através do currículo. Simultaneamente, através da influência religiosa, mentes jovens poderiam ser canalizadas para manter as áreas culturais da nação que poderiam ter sido moldadas pela religião [2]. O cristianismo tem desempenhado uma posição influente que afeta as sociedades ocidentais ao longo da história. O comando do cristianismo foi maior nos últimos séculos e diminuiu lenta mas seguramente. Hoje sua influência é muito baixa e desaparece regularmente.

Nos séculos XVIII e XIX, a educação cristã era muito importante para a educação de uma criança. Mais do que qualquer outro material, o aspecto significativo da existência ganhou ainda mais importância. Por outro lado, com o passar do tempo e o conhecimento cresceu, especialmente na disciplina de tecnologia, outro material cresceu dentro de sua precedência. No entanto, a educação religiosa não foi negligenciada. No entanto, no início do século XX, a educação da origem de sua vida contradiz a educação religiosa sobre esse assunto. Este problema foi levado a tribunal e o tribunal tomou uma decisão em favor da área religiosa [3]. Meio século depois, quando os oponentes inibiram a constitucionalidade das orações nas faculdades públicas, o assunto foi para a Grande Corte mais a decisão desta vez resultou na abolição das orações pelas escolas.

Foi o ponto de virada no efeito do cristianismo na educação. A partir daí, o impacto do cristianismo na educação foi mínimo e a educação nas escolas públicas foi totalmente secularizada. A influência do cristianismo nos negócios não é fácil de ver. O efeito de outros usos utilizados nos negócios, como o efeito do Islã nas práticas da empresa no Oriente Médio, é definitivamente observável. Vários dos muitos impactos do Islã na organização de uma nação que pratica o Islã incluem lojas finais e de abertura, custando apenas determinados intervalos do dia, tendo certos feriados religiosos, doando uma certa quantia de lucro para a caridade muçulmana local e assim por diante . Da mesma forma, o resultado do judaísmo nos negócios é facilmente percebido quando todos os praticantes do judaísmo não dispõem de seus negócios aos sábados, a fim de guardar o sábado e não comprar ou vender nenhum "alimento não-feroz". Observando todas essas práticas, parece que o cristianismo se destaca porque não parece ter nenhum efeito nas práticas de organização do seu universo atual.

Isso pode parecer verdade, porque as nações do mundo que praticaram o cristianismo no passado separaram a religião em grande parte pelos aspectos sociais da vida. No entanto, as práticas atuais de organização no mundo ocidental foram completamente influenciadas pelo simples cristianismo de maneiras complexas e sutis. Um dos associados ao cristianismo pode ser a própria presença da natureza capitalista nas empresas de países que foram influenciados simplesmente pelo cristianismo. No passado, quando o capitalismo estava sob ataque do comunismo, uma das muitas áreas principais da promoção anticomunista estava declarando o comunismo como uma ideologia anticristã. Definitivamente, essa idéia não é tão absurda quanto parece. A idéia de que as pessoas que trabalham duro precisa ser rica e ociosa deve ser pobre, originada de passagens bíblicas que dizem que uma pessoa que certamente não trabalha não deve comer.Existem outras passagens bíblicas que geralmente defendem que o trabalho duro é definitivamente abençoado simplesmente por Deus.

Portanto, a idéia de uma nação capitalista onde cada pessoa tenta o seu melhor para obter riqueza e não é impedida de realizar isso se originou de muitas maneiras na cultura cristã. Essa idéia também revela como o comunismo estava na posição oposta, uma vez que os salários de cada trabalhador seriam fixados independentemente do trabalho realizado. Além das influências mencionadas acima, é difícil identificar influências idênticas. No entanto, eles ainda existem. Como exemplo, a manutenção de locais de negócios fechados no fim de semana é o resultado direto da dedicação do domingo a ser um dia de descanso, conforme foi estruturado na Igreja Católica. No período moderno, o cristianismo tentou afetar os métodos comerciais da burca, quando os cartões de crédito estavam aumentando a fama e se tornando parte da cultura. A influência cristã tentou se opor à tendência, já que passagens da Bíblia indicavam que uma pessoa não deve pedir dinheiro emprestado, embora viva no que possui.

Assim, um obstáculo foi montado neste conceito, no entanto, não obteve muito resultado e os cartões bancários se tornaram parte da sociedade. No entanto, isso indica que o cristianismo definitivamente não é tão importante quanto costumava ser, assim como seu poder geralmente está diminuindo. Sempre foi esperado e retratado que a ciência e o cristianismo têm atributos opostos. Os defensores de cada área, na maioria das vezes, acreditam que serão para a guerra entre si. E isso não pode ser uma crença infundada, possivelmente porque a conta cristã da criação sempre conflita com a conta bancária da evolução que é aprovada pela maioria dos cientistas. A Suprema Corte dos Estados Unidos adquiriu confirmou o direito dos cientistas de ensinar a teoria do progresso nas escolas públicas e as dificuldades dos cristãos de se livrar desse direito são pálidas, uma vez que os cristãos perceberam que nenhum tribunal governará dentro de casa. seu favor [4]. No entanto, essa falta de cristianismo foi importante porque não apenas afetou outras áreas científicas, como também afetou áreas de cultura, educação, moralidade, etc. Se a afirmação extrema de que Nosso deus fez tudo poderia ser competitiva e é provável que uma nova ideologia seja dominada; todos os aspectos do estilo de vida mudarão para muitos que aceitarem a nova crença.

Qual mudança ocorreu de fato, está avançando ainda mais. Os movimentos modernos dos direitos dos gays e o movimento do aborto, embora pareçam não ter raízes nessa luta da ciência contra o cristianismo, mas é lógico perceber que os oponentes desses movimentos serão apoiados por meio de uma percepção religiosa que contém outra visão da moralidade do que aquelas que os defensores dessas ações sustentam. Independentemente das derrotas passadas, o movimento cristão vem lutando contra as reivindicações populares da pesquisa no campo da biologia. Embora a razão da origem da vida tenha sido atribuída à teoria da evolução simplesmente por seus apoiadores, a falta dos principais fatos fósseis, como é suposto pelos primeiros fundadores dessa opinião, bem como as facetas principalmente inexplicáveis ​​da complexidade da vida questionou a validade de todo o sistema de ideias. Como os proponentes da teoria da evolução não têm respostas para esses novos problemas confusos, ter menos evidências para a crença cristã original impediu o sucesso das reivindicações em seu restabelecimento pessoal. No entanto, o lado cristão travaria uma guerra e tentou levar o casal a ensinar seus próprios pontos de vista a estudantes universitários públicos ao longo da idéia de "Design Inteligente para o Supremo Tribunal". Mesmo que o lado cristão tenha se perdido, seu nível de resistência ainda é sólido e apenas o tempo pode determinar o destino final dessa preocupação.

Embora o impacto do cristianismo na maioria das áreas da vida nos estados unidos tenha levado à sua capacidade cada vez maior de manter seu poder, a influência sobre a política se destaca. A política é o único campo em que a visão cristã, independentemente da classe de eleitores, predominou. De fato, uma perspectiva presidencial não será eleita para a Casa Branca até que ele revele a opinião dos pais cristãos ou pelo menos as visões cristãs. As políticas governamentais não são simplesmente inconsistentes junto com o restante das estruturas sociais, não é apenas a disciplina que está em contradição, principalmente porque ela se separou oficialmente do impacto religioso causado pelo conceito de "separação entre Igreja e Estado" apresentado pela primeira vez na Constituição da América.Enquanto em outros edifícios da sociedade, o cristianismo se opõe às tendências e aspirações da cultura que geralmente recomenda opiniões liberais sobre os antiquados, na questão da política, é apenas o candidato que concorre a seu favor. o sofá cujas opiniões são consideradas. Os eleitores conseguem manter a opinião de que um candidato de uma qualificação cristã é significativo e, portanto, importante para manter uma estrutura bem equilibrada com o estilo de vida americano. Isso não significa que os eleitores escolham um grande candidato anti-aborto ou talvez anti-gay como seu funcionário escolhido.

Mas os eleitores procuram um candidato que descreva suas escolhas como motivadas por visões simplesmente cristãs, mesmo que suas interpretações da moralidade cristã possam se opor completamente aos ensinamentos cristãos. Portanto, à luz de todas essas situações e pontos de vista, o cristianismo, no entanto, mantém seu poder no campo da política, embora as outras instituições o tenham rejeitado e derrubado. As ofertas do cristianismo desempenharam um papel crucial nos relacionamentos, seja ele conjugal, um ou um membro da família. O cristianismo ensina seus seguidores a ter valores e fornece uma série de regras e regulamentos. Essas regras incluem a abstinência mais a ligação legal de dois indivíduos através do casamento. O cristianismo proíbe estritamente o sexo antes do casamento. Se a prática de crentes cristãos segue esse tipo de tendência está em questão devido à falta de dados estatísticos confiáveis.

No entanto, vários cristãos optam por interpretar essas regras para deixar de lado suas próprias exigências e visões desejadas. Esse é o caso em que as crianças cristãs são ensinadas a "respeitar seus anciãos e os pais devem" disciplinar seus filhos [5]. Se "disciplina é entendida como uma forma del cuerpo de punição ou restrição das atividades recreativas das crianças, é deixada para o modelo do usuário. No entanto, os ensinamentos da Bíblia / Cristianismo têm sido usados ​​recentemente recentemente como justificativa ou talvez uma desculpa para abusar de crianças. A forma (castigo corporal) do abuso pode ser prejudicial à saúde física e mental de uma criança e, portanto, o cristianismo é frequentemente rotulado como o culpado e percebido com pouca iluminação devido ao fato de que vários inferem que o cristianismo tolera os maus-tratos de crianças. todos os Estados Unidos votaram a favor da proibição de punições corporais a uma criança, a única exceção em Ohio [6].

O cristianismo motivou o mundo moderno desde aquela época a sua concepção. Como o Ocidente afetou significativamente o resto do mundo, pode-se declarar que o próprio cristianismo inspirou o mundo inteiro. No entanto, apesar de ser uma das principais religiões do mundo, a influência do cristianismo continua desaparecendo antes de alguns séculos. Durante a maior parte de seu estilo de vida, foi o principal ditador de diversas ideologias. A reviravolta radical dessa prática, como testemunhado no mundo moderno, criará definitivamente um mundo essencialmente diferente. Seja para o bem ou para o mal, as conseqüências de nossas ideologias atualmente defendidas só serão conhecidas no tempo. Referências1] http: //worldblog.msnbc. msn. com / archive / 2007/10/26/433457. aspx2]

http: // notícias. labellisé basse consommation. co. uk / 1 / oi / world / middle_east / 1874471. stm 3] http: //www.msnbc. msn. com / id / 10545387 /

Você precisa escrever um ótimo ensaio temático?

Nossos escritores seguem rigorosamente as instruções enviadas. Eles garantem que todos os pedidos atendam aos requisitos fornecidos e superem as expectativas do cliente.

Verifique o preço